PRERROGATIVAS, UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA!

MATO GROSSO - 23ª SUBSEÇÃO DE CAMPO VERDE

Newsletter


Ir para opção de Cancelamento

Agenda de Eventos

Dezembro de 2022 | Ver mais
D S T Q Q S S
# # # # 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Notícia | mais notícias

OAB-MT lança sua assistente virtual: Leila

01/09/2022 13:35 | COMUNICAÇÃO INTERATIVA
Foto da Notícia: OAB-MT lança sua assistente virtual: Leila
imgLeila é o nome da assistente virtual da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Mato Grosso (OAB-MT). Ela ganhou “vida” na noite desta terça-feira (30), após ser lançada durante o Show Cultural OAB-MT 2022, realizado no Malcom Pub, em Cuiabá. 
 
imgO nome da assistente virtual faz alusão à primeira conselheira seccional da OAB-MT, Leila Francisco de Souza.
 
“Estou sempre pronta para atender à OAB-MT”, disse a advogada Leila, no momento em que recebeu o convite e o aceitou. “Se posso ser útil com o meu rosto, minha história, se é uma forma de chegar ao outro, ajudar à advocacia, então fico honrada”, comentou.
 
A presidente da OAB-MT Gisela Cardoso destaca que "a assistente virtual Leila é um elo entre as gerações, pois ao mesmo tempo em que representa a modernidade, o momento virtual e os avanços tecnológicos que vivemos, traz o respeito à história, o reconhecimento ao trabalho prestado e a segurança refletida na imagem da experiência". 
 
Quem é a Dra Leila?
 
Aos 83 anos de idade, a advogada Leila Francisca de Souza se emocionou muito ao receber a notícia de que inspirou a criação da assistente virtual da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Mato Grosso (OAB-MT).  “É muito lisonjeiro para mim, estou feliz e grata em poder atender à nossa instituição, porque a vida da gente é passageira e estes momentos é que valem à pena. Receber este carinho especial, na idade em que estou, é gratificante”.
 
Dra Leila nasceu em 9 de março de 1939, no bairro do Porto, em Cuiabá. Cresceu em uma família de classe média, sem advogados. Tanto é que nunca tinha pensado em trilhar esse caminho. “Sonhava em fazer Agronomia, porém não havia este curso em Cuiabá e meu pai não tinha como me mandar para estudar fora. Sendo assim, optei pelo Direito. Quando eu entrei na faculdade, não tinha aquele gosto, mas, com o passar do tempo, estudei, me formei e fui me apaixonando pela advocacia, enfrentando desafios, indo para o interior e atuando no governo. Fui por 28 anos assessora jurídica da Secretaria de Segurança”, relata.
 
Conversar com Dra Leila é o mesmo que ir tomando contato com a história de Cuiabá e de Mato Grosso. Ela conta que, ainda na faculdade de Direito, tinha aulas em Latim com declinações e, junto com Centro Acadêmico 8 de Abril, ajudou a conquistar o reconhecimento do curso da então Faculdade Federal de Mato Grosso, atual UFMT.
 
imgEla é memória viva. Recorda-se de quando, já formada, mas ainda inexperiente, redigiu o decreto que criou o Distrito Industrial de Cuiabá, no Governo Pedro Pedrossian (1967). “Pediram para eu elaborar o documento rapidamente, porque o governador tinha pressa. Eu ainda não sabia bem como fazer isso, fiquei apreensiva e busquei ajuda. Em seguida, comecei a teclar na máquina de escrever. Pensei: Meu Deus! Onde vim parar? A partir daí percebi a grande responsabilidade que tinha como advogada, que temos. Comprei vários livros, fiz cursos de qualificação e segui praticando nossa profissão”, detalha.
 
Com olhos marejados, Leila se lembrou de quando, junto com colegas, ajudou a garantir o terreno em que hoje está sediada a Seccional da OAB de Mato Grosso. “Debaixo do sol quente de Cuiabá, cercamos o lote de mãos dadas para garantir a propriedade. Isso aconteceu bem aqui onde hoje está este prédio. Então, se ele existe, não se deve só a mim, mas a essas pessoas corajosas”, recorda-se a advogada.
 
Dedicou-se tanto à advocacia que afirma não ter tido tempo para se casar e ter filhos.
 
“Esta é a vida de uma mulher que lutou pela sociedade e pela Justiça, a qual resumo citando uma frase do jurista romano Ulpiano: ‘É a vontade constante e perpétua de dar a cada um o seu direito’ E, por trabalhar por isso, a advocacia é uma profissão de alto valor”.
 
img
 
--
 
Keka Werneck
 
imprensaoabmt@gmail.com
Instagram @oabmatogrosso

 


Facebook Facebook Messenger Google+ LinkedIn Telegram Twitter WhatsApp

WhatsApp